OLÁ, LISBOA! PRAZER EM CONHECÊ-LA!

A observação de uma paisagem está dependente, entre outras variáveis, do lugar, do tempo e da perspetiva pessoal com que a mesma decorre, sendo a perceção da paisagem sempre subjetiva.

Com efeito, não obstante à destreza para a representação gráfica e à perceção da realidade por cada indivíduo, dirigimos um convite a toda a comunidade educativa para “viajar” virtualmente ao som da eternizada “Lisboa Menina e Moça”, na voz de Carlos do Carmo, e à luz do olhar dos nossos alunos pelas belas paisagens da cidade que nos acolhe.

Próximo